sábado, 31 de março de 2012

AMORES, MEMÓRIAS E PEIXINHOS DOURADOS
Texto: Valéria Lemos Palazzo




“A memória de um peixinho dourado dura só três segundos. Então, depois de uma volta pelo aquário, tudo é novidade. Cada vez que dois peixinhos se vêem, é como se fosse à primeira vez”. Citação do Filme “The Goldfish Memories”




Três segundos é o tempo que dura à memória de um peixinho dourado de aquário como se fosse um HD virtual de alta rotatividade. Já a nossa pode ser comparada a um HD de altíssima capacidade. Fazendo com que nos lembremos até das primeiras lembranças da infância.
São essas memórias que fazem de nos o que somos. Tanto que “perder a memória”, é perder-se de si mesmo.
São minhas memórias que fazem de mim quem sou.
Porem diante dos nossos afetos e amores, nossa memória tem a capacidade, embora nem todas a usem, de ser muito semelhante aquela do peixinho dourado; que acaba servindo de metáfora para os vários encontros e desencontros, perdas e ganhos que vamos tendo pela vida.
Cada vez que nos apaixonamos é como se fosse à primeira vez, como se as boas e – por que não? – más lembranças de um antigo amor pudessem ser cicatrizadas e esquecidas rapidamente. Um amor desencontrado pode ter vida longa ou curta, porem geralmente vive em nos somente até que outro apareça e rapidamente o desaloje do nosso coração.
Daí o sábio e popular conselho: “Para esquecer um amor nada melhor do que um novo amor”.
Diante do novo alguns terão uma memória de peixinho dourado, para este tudo será novidade.
Para outros porem, um antigo amor se transforma em deserto na geografia da memória. Algo tão árido e difícil de ser superado que muitos têm como sonho realizar tratamento semelhante ao do filme “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”, onde as memórias do amor são subitamente apagadas da memória.
Afinal quem já não quis esquecer alguém do dia para noite?
Então podemos ser como os peixes dourados: e cada novo relacionamento será tão intenso quanto o anterior.
Mas será que deixamos tudo para trás com tanta rapidez assim? Algumas paixões nunca são esquecidas, por mais voltas que insistamos em dar pelo aquário.
E mesmo encontrando novos peixes sempre existirão aqueles que serão eternamente mais dourados que os outros. Talvez mesmo o que os torne assim seja a ausência, já que agora nadam por outros aquários. E justamente é a distância, a "não presença", que torna mais dourados estes peixes, que mesmo por breves momentos ocuparam nosso aquario e nadaram por nossas aguas.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Foi desse jeito..a exato 1 ano e meio atras

...beberás em excesso, aborrecerás todos os amigos com tuas histórias desesperadas, noites e noites a fio permanecerás insone, a fantasia desenfreada, dormirás dias adentro, faltarás ao trabalho, escreverás cartas que não serão nunca enviadas, consultarás búzios, números, cartas e astros, pensarás em fugas e suícidios em cada minuto de cada novo dia, chorarás desamparada atravessando madrugadas em tua cama, não conseguirás sorrir nem caminhar alheia pelas ruas sem descobrires em algum jeito alheio o jeito exato dele, em algum cheiro o cheiro preciso dele (...) mas sabes, principalmente, com uma certa misericórdia doce por ti, por todos, que tudo passará um dia, quem sabe tão de repente quanto veio, ou lentamente, não importa."

(Caio Fernando Abreu)

domingo, 18 de março de 2012

Ahhh Deus,,,,como dói isso


Se até hoje eu te lembro, te falo, e te sinto, confesso: eu ainda te encontro em algumas canções, em algumas fotos. É fato. Eu fiquei com um pedaço da parte tua, por que foi minha um dia a parte inteira.


Bibiana Benites

segunda-feira, 5 de março de 2012

Tem homem que tem prazer de confundir você.Ele vai fazendo aquele jogo de chove não molha.Esconde esconde.Enfim,você nunca entende o jogo dele.A única coisa que você sabe,é que ele esta ali pra jogar.E pra fazer você perder ,é claro.O seu tempo,o seu amor e sua paciência com esse tipo de coisas.Há homens que tem esse prazer,de ficar fazendo coisas que você não entende direito.E a intenção é mesmo essa:Que você não entenda direito.Uma hora ele ta todo carinhoso com você,outra ele te trata feito um cubo de gelo.Uma hora ele te diz as melhores palavras do mundo e em outro momento ta falando normal.Como se nunca tivesse te dito nada.Aquele homem que some,mas sempre tem uma explicação absurda pra tal.Aquele homem que as palavras dele nunca tem haver com as atitudes.Não me pergunte porque existe esse tipo de raça masculina:Os jogadores.Porque é uma coisa que me pergunto até hoje e ainda não achei a resposta.Acho que homem que faz isso é homem que precisa se auto afirmar,usando os outros.Ou é um homem que mantém uma criança pra sempre dentro dele.Mas não uma criança qualquer,é uma criança mimada,que adora dar trabalho aos outros.Sabe qual é o pior desse tipo de homem?Assim que ele sente que você esta superando,esta quase saindo do buraco, seguindo e esquecendo.Ele volta, e fala aquelas palavras que ele sabe que de alguma forma mexerão com você.E é incrivel cmo as vezes estamos tão envolvidas,que nem nos apercebemos,que o que ele está dizendo,são apenas palavras ao vento.E nós que já lutamos tanto pra chegar ao ponto de quase supera-lo,voltamos à estaca ZERO.Regressamos ao inicio do jogo,e é como se nada tivesse mudado. Não deixe esse tipo de menino,que já acha que tem categoria de homem vir montar jardim de infância na tua vida.Não se permita acolher pessoas assim.Se for pra aturar criança,que sejam os nossos filhos.Que nos trazem verdadeiras e grandes razões pra fazerem parte da nossa vida.E não um cara,que não tem noção,do quanto você daria pra estar com ele na vida.Sem jogos,sem armações,sem armaduras,e sem poses nem palavras falsas.Poderia te dar um cnselho do tipo:Toma as redéas do jogo,e seja você quem manda.Mas acho todo jogo desgastante,não importa quem esta mandando.A única coisa que eu digo é :Não se permita participar em jogos.No fim das contas,todo mundo sai a perder. Desapega desse homem,se ele quiser a emoção de um jogo que compre um playstation !

Sempre vai ter uma data, um olhar, uma música, um sorriso e uma razão para você lembrar de quem te fez bem.

quinta-feira, 1 de março de 2012

“Um café e um amor… Quentes, por favor!
Sem excessos de doçura ou amargura.
Forte
Doce…
Que ambos façam meu coração acelerar.
Que me mantenham vivo.

Um café e um amor… Quentes, por favor!
E que de nenhum deles eu sofra de vício,
Mas que de ambos,
Eu possa me dar ao luxo do hábito.

Um café e um amor… Quentes por favor!
Pra ter calma nos dias frios.
Pra dar colo
Quando as coisas estiverem por um fio.

E que eles nunca tenham gosto de ontem
Nem anseiem pelo amanhã
Que me façam feliz nesse agora,
Que me abracem pela manhã.

Amargos, suaves
Intensos, sutis
Saborosos!
E quentes.

Um café e um amor… Quente por favor!”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...