segunda-feira, 26 de setembro de 2011

11 meses 3 semanas e 1 dia..

Tá chegandoooo 




hj 26/09/2011 356 dias sem ele





"Dizem: “Que o tempo muda tudo”. Não é verdade. Fazer coisas é o que muda algo. Não


fazer nada, deixa as coisas do jeito que eram."



- Caio Fernando de Abreu -









‎"Não se preocupe se, de repente, a pessoa que amava se foi. Conscientize-se que amores


 entram e saem de nossas vidas. Porém, o verdadeiro amor fica para sempre!"


(INÁCIO DANTAS)








Se um dia olhar para o céu e não te ver, é que sou a onda do mar e não consigo t


esquecer, sou feliz do teu lado sem do seu lado estar, pois você é isolado no meu modo de


 pensar, quando estou triste e não tem solução, lembro que você existe e mora no meu


 coração..!!!



-Carlos Drummond de Andrade-








“Amor só é bom quando é recíproco! quando é só você quem ama isso não é amor, é 


sofrimento involuntário.”


Pequeno Romeu







‎"E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca 


mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos 


demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os 


dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas 


esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontrem e que 


nada, nada seja por acaso."




‎"Dói. Se me perguntarem o que acontece, só saberei responder isso: dói. Se me 


perguntarem onde é a dor, ainda assim só responderei: dói. Tudo tem a ver com aquele 


grito reprimido, aquele sonho escondido, aquele choro nem sempre contido: dói. Aquela 


vontade de cortar a garganta para não poder gritar. Aquela vontade de arrancar os olhos só 


pra não poder ver. Aquela vontade de esmagar o coração só para não poder sentir. Mesmo 


com todas essas coisas incapacitadas ainda assim doeria. Porque não está na garganta, nos 


olhos, no coração. Está em toda parte, é como um câncer, e não tem quimioterapia, não 


remédio, não tem nada que consiga remediar a dor da perda. Como é triste lembrar do 


bonito que algo ou alguém foram quando esse bonito começa a se deteriorar 


irremediavelmente. Pequena dor. Grande chaga. Puro simulacro."

(Caio Fernando Abreu)

Um comentário:

  1. Fico com a celebre fala de Brás Cubas: "Dizem que matamos o tempo; mas é ele quem nos enterra!"

    Adorei o blogue; abração,

    Rodrigo Davel

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.
Fico feliz, volte sempre =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...