segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Você me apagou completamente da sua memória?





Você Não Se Lembra

Quando eu vou vê-lo novamente?
Você se foi sem Adeus, nenhuma palavra foi dita
Nem um beijo de despedida para selar nada
Eu não sabia nada sobre o estado em que estávamos

Mas eu sei que tenho um coração inconstante e amargura
E o olho de um errante, e um peso na minha cabeça.

Mas você não se lembra,
não se lembra?
A razão que me amou antes,
Amor, por favor lembra de mim mais uma vez.

Quando foi a última vez que você pensou em mim?
Ou você me apagou completamente da sua memória?
Muitas vezes penso sobre onde eu errei,
Quanto mais faço, menos eu sei.

Mas eu sei que tenho um coração inconstante e amargura
E o olho de um errante, e um peso na minha cabeça.

Mas você não lembra,
Não lembra?
A razão que me amou antes,
Amor, por favor lembra de mim mais uma vez.

Eu te dei o espaço para que você pudesse respirar,
Eu mantive minha distância, assim você iria ser livre,
Eu espero que você encontre a peça que faltava
Para trazer você de volta para mim.

Porque você não se lembra,
você não se lembra?
A razão que me amou antes,
Amor, por favor lembra de mim mais uma vez.

Quando vou vê-lo novamente?

2 comentários:

  1. Dry :)
    Belo texto apesar de triste.
    Foi sua autoria? Gostaria de publicar la no "Rimas do Preto".
    Ah sim,acho que a musica que vou postar neste fim de semana pode te inspirar de alguma forma

    Mas e ai como estão as coisas?
    Saudades de voce ^^

    Beijos e tudo de bom

    ResponderExcluir
  2. Olá Dry!
    A vida é feita de encontros e desencontros, como disse Vinícius de Moraes!
    Tenha uma linda quarta-feira!

    Quero lhe convidar para que leia ‘O casamento de Paulo Cesar’ no http://jefhcardoso.blogspot.com/

    “Que a escrita me sirva como arma contra o silêncio em vida, pois terei a morte inteira para silenciar um dia” (Jefhcardoso)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.
Fico feliz, volte sempre =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...