domingo, 31 de julho de 2011

‎"Mas, às vezes, focamos tanto em achar nosso final feliz, que não aprendemos a ler os sinais. A diferenciar entre quem nos quer e quem não nos quer. Entre os que vão ficar e os que vão nos deixar. E talvez esse final feliz não inclua um cara incrível. Talvez seja... Você... Sozinha... Recolhendo os cacos e recomeçando. Ficando livre para algo melhor no futuro. Talvez o final feliz seja só seguir em frente. Ou talvez o final feliz seja isto, saber que mesmo com ligações sem retorno e corações partidos, com todos os erros estúpidos e sinais mal interpretados, com toda a vergonha e todo o constrangimento, você nunca perdeu a esperança."
(Filme Ele Não Está Afim de Você)






sábado, 30 de julho de 2011

O tempo passou tão depressa, não? E você se entregou a ele, de corpo, alma e coração. Eu te avisei que ele não tinha dó e que arrancava tudo da gente. Há tempos sinto que as coisas já estavam sendo empurradas com a barriga. Agora, o jeito é seguir… Segue sua vida daí, eu vou tentar seguir também. De longe te digo: Não machuca mais ninguém. Eu aguentei, não sei como. Você vai ser feliz, eu sei que sim. E eu juro que vou tentar. Tentar não me preocupar tanto com os outros e cuidar do que é meu, meu de verdade. Você consegue ver meus olhos? Pois é. Aqui dentro tudo dói. Vai embora! Você já me doeu demais.


Tem dor antiga que, ao longo da vida, muda de tom, em dégradé, mas sempre arruma uma maneira de doer. Tem dor recém-chegada, as malas ainda no chão, que a gente não sabe sequer o nome que tem. Tem dor de tudo o que é jeito na alma. Ana Jácomo

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Strani Amori - Renato Russo


Mi dispiace devo andare via
Ma sapevo che era una bugia
Quanto tempo perso dietro a lui
Che promette e poi non cambia mai
Strani amori mettono nei guai
Ma, in realtà, siamo noi

E lo aspetti ad un telefono
Litigando che sEi libero
con il cuore nello stomaco
Un gomitolo nell'angolo
Lì da solo, dentro un brivido
Ma perché lui non c'è

E sono strani amori che
Fanno crescere e sorridere
Tra le lacrime
Quante pagine lì da scrivere
Sogni e lividi da dividere
Sono amori che spesso a questa età
Si confondono dentro a quest'anima
Che si interroga senza decidere
Se è un amore che va per noi

E quante notte perse a piangere
Rileggendo quelle lettere
Che non riesci più a buttare via
Dal labirinto della nostalgia
Grandi amori che finiscono
Ma perché restano nel cuore

Strani amori che vanno e vengono
Nei pensieri che lì nascondono
Storie vere che ci appartengono
Ma si lasciano come noi

Strani amori fragili
Prigionieri, liberi
Strani amori mettono nei guai
Ma, in realtà, siamo noi

Strani amori fragili
Prigionieri, liberi
Strani amori che non sanno vivere
E si perdono dentro noi

Mi dispiace devo andare via
Questa volta l'ho promesso a me
Perché ho voglia di un amore vero
Senza te

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Hoje estava lendo o nosso histórico de conversa li vários mas o que mais me emocionou foi o  do dia 26-09-2010, acho que nem se lembra mais o que isso representou pra nós, foi o dia em que completamos 1 ano de namoro, eu estava de plantão no hospital, te liguei pela manhã ouvi tua voz linda, ouvi teu Te amo e logo depois começamos a conversar pelo msn, num momento da conversa você me perguntou o que esse 1 ano representava pra mim, eu respondi mas não disse tudo que realmente representava, vc era meu tudo, minha vida, minha felicidade, minha dose diária de alegria.Então vc respondeu o que esse 1 ano representava pra vc :



                 
[c=12]esse 1 ano representa um tempo mágico pra mim[/c=4]
16:49:18  
[c=12]onde encontrei a mulher da minha vida[/c=4]
16:49:29  
[c=12]aprendi a amar de verdade[/c=4]
16:49:36  
[c=12]ganhei uma família[/c=4]
16:49:40 DRY 
humm
16:49:45  
[c=12]e sou muitoooo feliz[/c=4]
16:49:56 
[c=12]representa muita alegria[/c=4]
16:49:59  
[c=12]felicidade[/c=4]
16:50:04 
[c=12]afeto[/c=4]
16:50:10 
[c=12]transparencia[/c=4]
16:50:13 
[c=12]sinceridade[/c=4]
16:50:17  
[c=12]e respeito[/c=4]
16:50:25 DRY 
humm
16:50:31
[c=12]amorrr infinitoooooo[/c=4]

Amor infinito,onde foi parar esse amor infinito, meu Deus, eu não consigo te esquecer menino, penso em você todos os dias durantes esses 288 dias , pois é, estranho né, mas continuo contando os dias.Não sei ao certo ate onde vai dar isso, não sei poque sinto tanto amor ainda, talvez lá na frente daqui alguns anos vou entender porque esse sentimento não passou,vivemos uma história linda, nunca fui tão amada,tão querida, tão desejada como fui por você.


TE amo sinto tua falta todos os dias.......


sexta-feira, 15 de julho de 2011

Guardei você num lugar, que só DEUS pode tirar.. ♪

O amor é mais do que palavras, frases feitas, perfeitas,







é mais do que ter um bem. O amor é mais que apenas um sorriso,






é mais que uma lágrima, é mais que um prazer momentâneo, é






mais do que presentes. O amor não pode ser descrito, não tem






limites, não pode ser forçado, o amor apenas acontece.






O amor não é invejoso, não é mentiroso; o amor não trai, o amor






confia; o amor não exerce poder sobre ninguém, apenas






completa alguém. O amor é poderoso, ele transforma o rosto, a






alma, a vida das pessoas que se amam; ele traz consigo a alegria,






a paz, o carinho, a paciência. O amor não começa com "era uma vez"






e nem sempre termina com "felizes para sempre". O amor pode






começar naquele olhar, naquela música, naquele sorriso, naquele






gesto... que faz toda a diferença.






É por você o meu sentimento mais sincero, mesmo vc não estando mais comigoo....♥

Te amo muitoooo
♥  ♥ ♥♥♥ ♥ ♥♥
♥♥

sábado, 9 de julho de 2011

Meu niver..

hj é meu aniversário, e o que eu mais queria nesse dia, é algo que há tempos atras estava aqui comigo, nunca imaginei que sentiria tanta falta,tanta saudade de tudo aquilo, daquela voz, daquele sorriso, daqueles carinhos.....




Amo tantoooo...






Eu aprendi que as pessoas não voltam só porque sentimos falta delas.

domingo, 3 de julho de 2011

Enfim...

Eu amo vc, mas sei admitir que te perdi....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...