terça-feira, 2 de novembro de 2010

O amor é a compensação da morte (A.Schopenhauer)


Tendo amor, o que mais importa? Precisamos nos sentir amados, desejados, precisamos saber que alguém pensa na gente, cuida da gente, quer a gente. DE VERDADE. Precisamos ter para onde voltar, para quem voltar, para quem recorrer. Precisamos ter para quem contar sobre o que nos aconteceu. O amor é um sentimento puro e verdadeiro, da melhor espécie, que nunca diminui ou aumenta, não se abala, apenas se sente e ponto. Precisamos de carinho, de beijinho, de um abraço apertado e entrelaçado até pegarmos no sono. Precisamos de companhia, conversas durante o dia, risadas contínuas seja vendo a novela, o horário político, ou filme mais chato. Precisamos de aconchego, de amor, de mãos dadas. Almoçar no shopping no restaurante de “sempre”, ir ao cinema ver o filme que tanto queríamos, trocar uma roupa, revirar mais uma vez o setor da papelaria na loja de livros em busca de nada, tomar aquele café de filme americano em plena terça a noite, nos sentirmos como crianças experimentando uma noite chique, numa cidade chique, com um frio super chique, pra acender a lareira (quer coisa mais chique?). Precisamos de alguém. Ninguém consegue ser feliz por muito tempo sozinho, com uma aqui outra ali, curtindo as bandas nos bares que não quiseram nos levar, ou os amigos que voltarão no final da noite para os braços de suas companheiras. Todo relacionamento tem crises, todo casal briga, discute, tem momentos de fúria, de ciúmes, de medo. Vai procurar outra pessoa pra começar tudo outra vez? Até conquistar a intimidade, a cumplicidade, a liberdade de dizer que vai ao banheiro com um livro embaixo do braço, terá paciência? E no fim, descobrirão que as brigas são as mesmas, os ciúmes possuem as mesmas causas e que no fundo a felicidade e os momentos de alegrias é que jamais serão iguais ou melhores, porque SÓ VOCÊS tinham seus momentos de bobagens, de rir de tudo e de todos, de conversar até encostado na porta do banheiro.

E descobrir que TER amor, é ter a certeza de que a vida valeu a pena. Ame incondicionalmente e dê vida as boas lembranças para deixar reacender a paixão e o amor que sempre existiu. O ódio, a raiva e as ofensas só magoam e fazem o amor perder o melhor tempo que tem para ser vivido, que é o AGORA. Sinta-se apaixonado e se orgulhe disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Fico feliz, volte sempre =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...