quarta-feira, 7 de julho de 2010

Argumento Ineficaz


Ei, perdoa
É que eu amo demais
E isso me atordoa atoa
As vezes me prendo
Em pensamentos tolos
Desculpe tenho medo
Porque não olha pra mim
Vê que a dor também se instalou aqui
Porque você finge não me ouvir
Se perdão eu já pedi

Ok, entendo
Argumento ineficaz
Agora só o tempo
Mas veja, repara
O tempo que conduz
É o mesmo que separa
Porque não volta atrás
Um amor assim não se trai
Porque não vem me beijar a boca
E só mais essa vez

Perdoa, olha pra mim
A culpa é do amor
que eu lhe dei sem medir
Perdoa ate mesmo sem querer
Quase sem perceber
E quando notar...
perdoado está.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Fico feliz, volte sempre =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...